Resenha: Treze Dias com Ela, da Luisa Aranha e Mari Monni

"Se o ser humano fosse capaz de manter os compromissos que assume, provavelmente não existiriam os advogados".

Oi oi gente!!

A resenha de hoje é de uma das melhores leituras do ano pra não dizer da vida. Essa série vai entrar para os meus favoritos d vida, e com toda certeza vou sempre indicá-la. Além de um New Adult, também encontramos mistério e suspense envolvendo o caso do Murilo.

Autoras: Luísa Aranha e Mari Monni
Série: Advogatos
Ano: 2019
Páginas: 352
Onde encontrar: Skoob  | Amazon
Ao se deparar com o caso mais difícil de toda a sua carreira, o advogado Murilo Sales fica em um beco sem saída. Ele tem a reputação de ser um dos melhores na sua área e não pode colocar o nome da sua firma em risco.A mídia está em cima dele, assim como seu cliente.Em vez de se desesperar, Murilo resolve pedir ajuda a um detetive particular. O que não esperava era acabar contratando uma mulher linda, excêntrica e com uma predileção estranha por pirulitos de framboesa. Muito menos que se encantasse por ela. Afinal de contas, ela é completamente diferente do que está acostumado. Com suas frases sem filtro e sua escolha de roupas nada apropriadas, ele se descobre cada vez mais atraído por quem não devia.O problema é que ele não mistura a vida pessoal com a profissional. Pior ainda quando é obrigado a passar tanto tempo ao lado de Alex.Duas pessoas que não têm nada em comum, a não ser a paixão que começam a sentir pelo outro e a necessidade de encontrar respostas para o maior caso de suas vidas.
Em Treze Dias Com Ela vamos conhecer a história de Murilo Sales, um advogado muito conhecido por sempre ganhar um caso, e nunca se envolver com ninguém com quem trabalha, isso sem mencionar que ele não se relaciona a mais de 14 anos. Enfim, vamos encontrar também Alexandra - mais conhecida por Alex, que é excêntrica e responsável quando se fala em trabalho.

Alex é uma jovem de 29 anos que não gosta de estar em locais lotados, e muito menos trabalhar com pessoas. Ela nunca gosta de sair de casa, e todo os seus "serviços" são feitos na sua casa mesmo onde se sente mais confortável para infligir a lei sem se preocupar, mas não se preocupe que ela é bem responsável quando precisa. 
Murilo é um cara que está chegando aos 40 anos, porém, continua gato e recebendo olhares das mulheres onde trabalha. Por ser um advogado muito respeitado na sua área, e ser o dono da Sales & Avelar Advogacia, Murilo nunca dormiu com ninguém e pretende não estragar a fama de melhor advogado do estado. Só que tudo muda quando ele recebe um dos casos mais difíceis da sua vida, e pede ajuda a um detetive particular que é famoso por sempre encontrar o que esta escondido.

"Eu não sei o que te deixa mais chocado, se o fato de eu ser mulher ou de eu ser, digamos, deferente."
Como podem perceber Murilo acaba confundindo Alex com um cara, e a sua surpresa é ainda maior quando percebe que além de mulher, Alex é muito linda, atraente e um pouco louca. 
"Não sei se é a pressão do caso ou se é o fato de a presença de Alex me causar tantas emoções diversas e confusas, mas parece que sempre que ela está por perto, eu deixo de ser eu e me torno alguém impulsivo, que não consegue controla nem os pensamentos, muito menos as ações."
Contudo, essa pequena confusão não atrapalha em nada o que está por vir, já que logo após 3 dias os dois já sentem uma forte atração um pelo outro. Sem deixar de mencionar o caso do roubo da patente de microchips é o principal motivo da dor de cabeça dos dois, já que quanto mais investigam, mais coisas descobrem. 


"O resumo do chip é de que ele será capaz de detectar todo e qualquer problema que seu corpo possa ter. Se você é infectado com um vírus, seja lá qual for, o chip vai detectar e alertar, mesmo que ainda esteja no período de incubação. [...] As chances de cura quando a doenças ainda estão nos estágios iniciais é enorme."
A obra não gira em torno do romance em si, como qualquer outro New Adult. Ele tem mistérios, suspense, investigações, comédia num grau altíssimo (eu tive uma crise de risos no ônibus),e por fim o romance dos dois personagens só é um brinde para você que está tão envolvida na história. 


"Todas as pessoas sabem da minha vida sabem o caos que eu sou. Não queria que ele descobrisse isso tão cedo."

O livro possui mais de 300 páginas, porém a leitura flui muito bem, por causa da escrita das autoras que é maravilhosa. Bom, no decorrer da leitura você vai perceber que a história é muito mais que a sinopse entrega, e isso te deixa tão emocionada que você acaba a leitura impactada com o final. Eu não falo isso por ser parceira da autora... eu estou contando que essa é a minha melhor leitura do ano, porque li mais de 70 livros esse ano e apenas este me arrancou risos, suspiros e me deixou de coração aquecido. 

Treze Dias Com Ela tem um casal, uma história, personagens secundários e com um fim digno de um prêmio. Não sei qual foi a melhor parte da leitura, mas posso te dizer que valeu cada segundo de leitura. Essa série como todas as outras das autoras está mais que perfeita, ela beira a perfeição. E eu posso dizer com todas as letras que você não ira se arrepender nem um segundo de ter começado ela, porque assim como eu você vai estar querendo saber sobre o próximo boy e história que será abordada no livro 2.


Série Advogatos:

Treze Dias Com Ela - Murilo e Alex
Ainda não tem titulo definido
Ainda não tem titulo definido
Ainda não tem titulo definido
Espero que tenham gostado da minha sincera opinião com a obra, porque eu fiquei tão eufórica após terminar de ler que não consegui colocar em palavras a minha completa e total opinião.

Beijoss, e até a próxima!!

Um comentário:

  1. Boa tarde!
    Vi aqui a opinião ao livro "A Escola do Terror" da autora Diana Pinto. Sabia que ela já escreveu o segundo? Parece ser uma continuação, mas passam mais de 20 anos.
    Dá para se ver uma grande mudança na escrita da autora.
    Se puder ter a oportunidade de ler, o livro chama-se "Encontro com o Passado" e foi lançado pela Editora Chiado.
    Gostava de ver outras opiniões sobre esse livro.

    ResponderExcluir



O cheiro de livros me dá as boas-vindas imediatamente e eu me sinto em casa. Pode me chamar de Alice, tenho 22 anos (com carinha de 15). Aqui você vai encontrar de tudo um pouco, porque sou uma estudante de publicidade eclética e hiperativa de 6h às 18h.





Colaborador


Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.