Resenha: Ônix, da Jennifer L. Armentrout

Não sei o que o amanhã trará para a gente, como serão as coisas daqui a um ano. Diabos, a gente pode acabar se matando em uma semana por conta de alguma idiotice. É uma possibilidade. Mas tudo o que eu sei é que o que sinto por você não vai mudar.

Oi oi gente!!

Quem já ouviu falar da Saga Lux, que foi escrita pela autora Jennifer L. Armentrout e que foram trazidos para o Brasil pela editora Valentina?

Então, essa saga é muito bem construída, em cada livro você fica ainda mais envolvida na trama e torcendo no desenrolar do romance do casal. Eu já li todos os livros, mas nunca tinha resenhado eles aqui. Agora, pretendo mudar isso trazendo a resenha do segundo livro. Vou tentar ao máximo não dar spoiler, porém, vai ser bem difícil já que o livro em si, se trata dos Luxen, Daemon, Katy e todos os segredos que vão sendo revelados logo com a chegada de um jovem misterioso e encantador que começa ajudar Katy.



Autora: Jennifer L. Armentrout
Série: Saga Lux#2 
Ano: 2016
Páginas: 416
Editora: Valentina
Onde encontrar:  Skoob  |  Amazon
Estar conectada a ele é uma droga! Graças ao seu abracadabra alienígena, Daemon está determinado a provar que o que sente por mim é mais do que um efeito colateral da nossa bizarra conexão. Em vista disso, fui obrigada a dar um “chega pra lá” nele, ainda que ultimamente nossa relação esteja... esquentando. Algo pior do que os Arum ronda a cidade. O Departamento de Defesa está aqui. Se eles descobrirem o que o Daemon pode fazer e que nós estamos conectados, vou me ferrar. Ele também. Além disso, tem um garoto novo na escola que, tal como a gente, guarda um segredo. Ele sabe o que aconteceu comigo e pode ajudar, mas, para fazer isso, preciso mentir para o Daemon e ficar longe dele. Como se isso fosse possível! Até que, de repente, tudo muda. Vi alguém que não deveria estar vivo. E tenho que contar ao Daemon, mesmo sabendo que ele não vai parar de investigar até descobrir toda a verdade. Ninguém é o que parece ser. E nem todo mundo irá sobreviver às mentiras.

Em Ônix vamos acompanhar Katy e Daemom, que acabaram ficando ligados um ao outro por causa do que aconteceu no livro anterior. No primeiro livro Daemon era arrogante e cheio de marra, e não queria nem ver Katy por perto. Sempre agindo de forma irritante quando estava perto dela, fazendo todos perceberem que ele não gostava nenhum pouco dela.
Poucos meses atrás, ele era totalmente contra minha simples amizade com sua irmã, e agora queria ficar comigo, mesmo que isso significasse desafiar os desejos da sua raça? Ele só podia estar viciado em alguma droga pesada.
Agora, eles estão conectados um ao outro e Daemon demonstra a todo instante que além de nutrir um sentimento por Katy, ele também vai fazer de tudo para ele ficarem bem e juntos. Com isso, ela começa a achar que essa aproximação só está acontecendo por cauda dessa conexão maluca de luxen, e assim que tudo se resolver ele vai parar de gostar dela e tudo mais.
Eu desejava o que meus pais tinham. Um amor incondicional. Poderoso. Verdadeiro. Uma maldita conexão alienígena não era o suficiente para mim.


Mesmo com os acontecimentos anteriores, Katy tenta e até que consegue levar uma vida normal, como qualquer outra adolescente na escola. Porém, tudo muda quando ela conhece Blake, um novato, que se diz amigo e ser igual a ela e acabam ficando um tempo juntos, enquanto ele fica treinando ela que acabou ganhando poderes da conexão dela com Daemon.

Mas essa amizade acaba tirando o sono de Daemon, que sabe que esse Blake além de muito estranho, guarda segredos e mistérios que podem apenas causar problemas. Katy não liga muito para o que Daemon diz, e fica cada dia mais perto de Blake. No final o que todos pensavam não era nem 10% da verdade. Segredos vão ser revelados, e a cada descoberta, Katy e Daemon vão percebendo que tudo está ficando mais perigoso para os dois. Nada vai ser por acaso...
As pessoas buscam repostas e nem sempre gostam do que encontram. De vez em quando, a verdade é pior do que a mentira.
O amadurecimento dos personagens é notável, após o final que tivemos em Obsidiana. Katy não é mais a mesma, muito menos Daemon. Em cada reviravolta todos começam a agir e se tornar mais importante na história. A conexão dos dois vai ser essencial para o que está pra acontecer. 
Em Ônix vamos encontrar uma história com muitas pontas soltas do livro anterior, e claro, surgimento mais teorias sobre tudo o que foi descoberto, e como tudo acabou levando Katy e Daemon a mais uma aventura. Além de muito bem escrita, a autora fez um enredo de tirar o fôlego com a quantidade de ação e romance que acabamos encontrando ao longo da leitura. 

Super recomendo você que está procurando uma saga para te tirar da zona que só tem vampiros, cretinos, CEOs e o famoso libertino de Londres. Aqui você não só encontra Aliens, como também conhece um Bad Boy que vai te fazer se apaixonar com ele a cada comentário.

Beijoss, e até a próxima!!

2 comentários:

  1. Olá, tudo bem?
    A saga lux é uma das minhas queridinhas da vida, eu amo demais esse alien ♥ Fico super feliz que esteja gostando da leitura, e miga se joga nos próximos! Tem muita coisa por vir ♥
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Oie, eu amei a capa dos livros e achei a história fantástica! Apesar dos clichês básicos da obra, mas não atrapalha é bônus hahahaha7A única ressalva é que não curto a narrativa da autora. Li dois lviros da Jennifer e não consegui ir para frente

    ResponderExcluir

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.