Resenha: Um Beijo à Meia-Noite, da Eloisa James ~ Contos de Fadas 2


Oi oi gente!!


A resenha de hoje é sobre um livro que é uma releitura da Cinderela. O segundo livro da série Contos de Fadas, da autora Eloisa James. O livro foi publicado aqui no Brasil pela Editora Arqueiro. E todos os livros da série podem ser lido separadamente ou na ordem que quiserem, pois são histórias diferentes.

Autora: Eloisa James
Série: Contos de Fadas #2
Páginas: 318
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon  |  Goodreads
Kate Daltry é uma jovem de 23 anos que não costuma frequentar os salões da alta sociedade. Desde a morte do pai, sete anos antes, ela se vê praticamente presa à propriedade da família, atendendo aos caprichos da madrasta, Mariana. Por isso, quando a detestável mulher a obriga a comparecer a um baile, Kate fica revoltada, mas acaba obedecendo. Lá, conhece o sedutor Gabriel, um príncipe irresistível. E irritante. A atração entre eles é imediata e fulminante, mas ambos sabem que um relacionamento é impossível. Afinal, Gabriel já está prometido a outra mulher – uma princesa! – e precisa com urgência do dote milionário para sustentar o castelo. Ele deveria se empenhar em cortejar sua futura esposa, não Kate, a inteligente e intempestiva mocinha que se recusa a bajulá-lo o tempo todo. No entanto, Gabriel não consegue disfarçar o enorme desejo que sente por ela. Determinado a tê-la para si, o príncipe precisará decidir, de uma vez por todas, quem reinará em seu castelo. 

O livro começa contando a história de Katherine Daltry, que após o falecimento do Pai, acaba vivendo com a madrasta  Mariana e sua filha chamada Victoria

Já tenho idade suficiente para saber que a vida não nos dá o que desejamos.

Agora com 23 anos, Kate está órfã e já se acostumou com a sua rotina de empregada na mansão. Depois de viver tanto tempo longe da sociedade — principalmente dos bailes e festas. Ela acabou perdendo o tempo de debutar, e também não aprendeu tudo sobre etiqueta.

Victoria Daltry é a meia-irmã de Kate e uma jovem maravilhosa, que recentemente arranjou um pretendente para se casar, o jovem Algernon Bennet. Porém, o seu amado precisa de aprovação/benção do tio para se casar, o Príncipe Gabriel. Quando Victoria está preste a se encontrar com o Príncipe, ela acaba se machucando e fica impossibilitada de ir ao encontro dele, e é quando a Mariana ordena que Kate se passe pela irmã, para que o príncipe aprove o casamento. 

Agora, uma nova forma de humilhação: ser vestida como cordeiro quando se sentia um patinho feio. Ela ia superar

Gabriel Augustus-frederick William Von Aschenberg of Warl-marburg-baalsfed (sim, esse é o nome do bendito príncipe) é um príncipe nada comum. Ele está preste a apresentar a sua nova noiva, a Princesa Tatiana, quando conhece a noiva do seu sobrinho, Victoria — Kate — e acaba sentindo uma atração muito forte por ela. 

O que ninguém esperava era que esse encontro acabaria destruindo todos os planos. Pois, Gabriel precisa se casar com a Princesa Russa, para ajudar (com o dote da moça) as despesas do seu Castelo. E Kate precisa ajudar a sua irmã na aprovação de Gabriel, com o casamento.

E ela estava gritando com ele é claro. Ninguém jamais gritara com ele. Ninguém exceto Kate... e isso acontecia porque ela era de outra classe, não sabia que nunca se deveria repreender um príncipe.


Após esse encontro é que a história começa. Com um toque de drama, romance e comédia, vamos acompanhar a relação quase proibida de Kate e Gabriel.

Eu não posso entrar em detalhes, porque você já deve saber o que vem a seguir... muita confusão!

Os personagens principais foram muito bem construídos e bem desenvolvidos. Kate tem uma personalidade forte e fala o que pensa, diferente de sua meia-irmã Victoria que é gentil e foi muito bem educada, para se comportar em determinados ambientes na sociedade. Já os personagens secundários, deram um toque de leveza ao enredo. Gostei muito do meio-irmão de Gabriel, Wick. E da fada madrinha de Kate, Henry

A capa é linda, com um sapatinho de cristal para deixar bem claro sobre qual conto de fadas estamos falando. A diagramação também está perfeita, mesmo eu efetuando a leitura pelo kindle, não achei nada de erros que prejudicasse a minha leitura.

Um beijo à meia-noite é um conto de fadas inspirado na história de Cinderela. Com um estilo que combina graça, encanto e sedução, Eloisa James escreve uma narrativa envolvente, com direito a fada madrinha e sapatinho de cristal. Tenho certeza que se você ama Romance de Época e Contos de Fadas, vai adorar conhecer mais essa história.

Espero que tenham gostado da resenha, pois essa foi a minha penúltima leitura do ano.

Beijoss e Boas Festas!

Um comentário:

  1. Oláá!!
    Adoro livros do género hihi
    Segui o teu blog, quero convidar-te a visitar e aseguir o meu também
    pimentamaisdoce.blogspot.pt
    Beijos <3

    ResponderExcluir



O cheiro de livros me dá as boas-vindas imediatamente e eu me sinto em casa. Pode me chamar de Alice, tenho 22 anos (com carinha de 15). Aqui você vai encontrar de tudo um pouco, porque sou uma estudante de publicidade eclética e hiperativa de 6h às 18h.





Colaborador


Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.