Resenha: Morte Súbita, da J. K Rowling

Oi oi gente!!

Páginas: 503
Ano: 2012
Autora: Rowling, J. K.
Editora: Nova Fronteira
O novo livro de J.K. Rowling, autora da aclamada série Harry Potter, que vendeu mais 450 milhões de livros pelo mundo, conta a história de Pagford e seus habitantes, que, após a morte inesperada de Barry Fairbrother, membro da Câmara do vilarejo, fica em choque.

A história é um pouco cansativa, mas eu insisti e me surpreende com o final. É uma ótima trama, e uma perfeita narrativa. Para quem gosta de ler mesmo, pode apostar em Morte Súbita. A J.K. Rowling me surpreendeu. 
Mas posso dizer que não amei o livro, me surpreendi sim, mas não gostei tanto assim.


Bom, mas eu não posso falar por quem leu e amou. Espero que tenham entendido, Morte Súbita não é um livro que se diga "Nossa que livro" mas, você pode insistir e se surpreender. 

Não foi bem uma resenha. Foi mas uma opinião sobre o livro.

Um Toque de Morte de Luiza Salazar


Autora: Luiza Salazar
Gênero: YA, Fantasia urbana, aventura
Editora: Draco

Páginas: 224


E se a Morte estivesse sempre ao alcance de suas mãos?

Pode me chamar de Kat. Eu daria tudo para ser apenas uma jovem universitária, preocupar-me com os assuntos discutidos nos trens, nos corredores das escolas, nas ruas: qual roupa vestir na festa, qual o futuro da política do país, quem vai ganhar o jogo esta noite. É, você entendeu.

Mas na minha cabeça só há espaço para uma preocupação: quem será a minha próxima vítima.

Eu sou uma Ceifadora. Isso significa que posso matar com um simples toque das mãos, um dom que desejava todos os dias não possuir. Mas quando aqueles dois estranhos apareceram na minha vida e fizeram tudo virar de pernas pro ar, comecei a entender que existem pessoas que fariam de tudo para controlar esse meu poder indesejável. Até mesmo me matar. É até irônico, né?

Um Toque de Morte é um romance fantástico de Luiza Salazar, uma aventura pelas sombras que se escondem nos becos da cidade.

Não se deixar envolver, não se aproximar demais. Essa é a maldição dos Ceifadores, não poder sentir o mundo com a própria pele.



O cheiro de livros me dá as boas-vindas imediatamente e eu me sinto em casa. Pode me chamar de Alice, tenho 22 anos (com carinha de 15). Aqui você vai encontrar de tudo um pouco, porque sou uma estudante de publicidade eclética e hiperativa de 6h às 18h.





Colaborador


Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.