Resenha: Outlander: O Resgate no Mar, da Diana Gabaldon

Oi oi gente!

O terceiro livro da série Outlander, que se tornou um fenômeno mundial e foi transformada na bem-sucedida série de TV. E como todos já sabem, esse ano eu resolvi começar a ler os livros da série, e graças aos pedido dos fãs, agora a série Outlander será publicada em volumes únicos. Ou seja, vocês terão as resenhas de todos os livros aqui no blog.
A memória voltou de repente e ele soltou um urro. Estava enganado. Aquilo era o inferno. Mas Jamie Fraser, afinal de contas, não estava morto.

Autora: Diana Gabaldon

Titulo original: VOYAGER 
Editora: Arqueiro
Páginas: 992
Ano: 2018
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon
Há vinte anos Claire Randall voltou no tempo e encontrou o amor de sua vida: Jamie Fraser, um escocês do século XVIII. Mas, desde que retornou à própria época, ela sempre pensou que ele tinha sido morto na Batalha de Culloden. 
Agora, em 1968, Claire descobre, com a ajuda de Roger Wakefield, evidências de que seu amado pode estar vivo. A lembrança do guerreiro escocês não a abandona… Seu corpo e sua alma clamam por ele em seus sonhos. Claire terá que fazer uma escolha: voltar para Jamie ou ficar com Brianna, a filha dos dois. Jamie, por sua vez, está perdido. Os ingleses se recusaram a matá-lo depois de sufocarem a revolta de que ele fazia parte. Longe de sua amada e em meio a um país devastado pela guerra e pela fome, ele precisa retomar sua vida. 
As intrigas ficam cada vez mais perigosas e, à medida que tempo e espaço se misturam, Claire e Jamie têm que encontrar a força e a coragem necessárias para enfrentar o desconhecido. Nessa viagem audaciosa, será que eles vão conseguir se reencontrar? 
No final de A Libélula e o Âmbar, acompanhamos Claire e Jaime se preparando para uma batalha. Atualmente em O Resgate no Mar vamos acompanhar Claire após a batalha... vinte anos se passaram, e Claire agora está sem Jaime.

Após tanto sofrimento (20 anos) Claire Randall, pensava que Jaime Fraiser estava morto. Agora que sabe a verdade, ela quer saber como pode o "tempo" ter guardado esse segredo. Claire terá que contar com a ajuda se sua filha Brianna e do Professor Roger, para saber mais sobre todo esse mistério.

Em meados de 1746, durante a Batalha de Culloden contra os ingleses, Jaime e seus amigos tiveram perdas irreparáveis, eles não só perderam a batalha como também Jaime teve que fazer uma das decisões mais difíceis da sua vida, mandar Claire para o futuro junto com sua filha. 
Depois de um tempo você poder perceber o que a perda de uma batalha pode fazer com uma população — a fome quase levou a devastação dos escoceses. E Jaime Fraiser, só está vivo por "obra" do destino.

Atualmente em 1968, Claire está convicta de que deve ir atrás de seu amado, e que depois de tudo o que descobriram sobre Culloden, ela finalmente vai encontrar o seu grande amor.

Ter você e ser amaldiçoado por isso, eu acho – disse ele. Beijou minha testa ternamente. - Amar você me levou ao inferno mais de uma vez, Sassenach; mas eu correria o risco outra vez, se necessário.
Quando os dois finalmente se reencontram, algo acontece...
eles não são aqueles de 20 anos atrás. Os dois estão mais maduros e responsáveis, eles agora tem histórias do tempo que passaram separados. Nessa edição você pode perceber claramente que eles passaram vinte anos de luto e muita tristeza, e isso acabou marcando eles de um jeito ou de outro.



A editora continua mantendo os detalhes internos iguais, a unica coisa que muda é a capa do livro. Mas na minha opinião eu compraria com as capas ilustradas, porque pode acontecer da editora demorar a publicar os livros com capas assim e o leitor ficar "refém" de ter somente uma edição.

O livro continua regado de ação e intrigas, a leitura me envolveu do início ao fim, cada página é uma nova aventura.  Uma leitura arrasadora e extremamente delicada. 
Eu já estou lendo essa série desde o momento que a editora relançou o primeiro livro com capa da série (da Netflix) e realmente estou impactada com tamanha destreza da autora em criar uma história tão extensa e mesmo depois de 3, 5, ou 6 livros com mais de 500 páginas cada, o leitor não se cansa de saber mais da história de Jaime e Claire.

Espero que tenham gostado, e se quiserem mais resenhas da série.

Beijoss, e até a próxima!!

Tag: ESTANTE CRIMINAL, criada pelo @estantecriminal

Foto: books-and-cookies






Oi gente, hoje vim responder uma tag que vi no ig e achei super legal de responder.


Tag Estante Criminal


ASSASSINATO- UM LIVRO QUE TE FEZ QUERER MATAR O LIVRO, apagar ele da sua mente de tão ruim.
Pra mim não existe livro ruim, tem livro pra todos gostos, só basta ler aquilo que você acha que vai te agradar :)

MATAR- UM LIVRO QUE TE FEZ TER VONTADE DE entrar dentro do livro e matar o personagem.


Téo, criei ranço dele, por ele ter feito certas coisas que não me agradaram.

SUICÍDIO- UM LIVRO QUE VOCÊ NÃO QUIS MAIS LER te deu vontade de jogar ele fora.


Esse livro é insuportavel, deusmelivre


ESPÍRITOS- UM LIVRO QUE TE ASSOMBROU Não deixou você dormir de tão bom.



Um dos melhores trillers lidos por mim, euzinha.


PSICOPATA- UM LIVRO QUE TINHA UMA CAPA BONITA mas o contéudo não era tudo aquilo.


Lembro de ele foi meu desejado por muito tempo, mas não gostei tanto da leitura quando li

SANGUE- UM LIVRO QUE FEZ CHORAR SANGUE Te fez cair mergulhado em lágrimas.



Até hoje essa história me deixa triste, o melhor do gênero drama. 

Então gente, essas foram minhas escolhas para responder a tag

Ps: você acha que qual foi o pior livro que você leu até hoje? quero respostas haha
beijos, Raissa

Indicação de filme #2: A NOITE DO JOGO



Bom gente, hoje eu vim falar de um filme que eu ri, mas também fiquei tipo UAU.

O filme A Noite do jogo é sem mais, uma comédia misturada com suspense que te prente mesmo.

Filme: A noite do jogo
Título original: Game Night
Data de lançamento: 2017
Duração: 144 min
Direção: Jonathan M. Gldstein, Jonh Francis Daley
Gênero: Comédia

Jason Bateman e Rachel McAdams estrelam como Max e Annie, cujas noites de jogos entre casais ficam um pouco mais interessantes quando o carismático irmão de Max, organiza uma festa de assassinato e mistério, com direito a bandidos e agentes federais falsos. Então, quando ele é sequestrado, tudo faz parte do jogo... certo? Quando os seis jogadores extremamente competitivos se propõem a resolver o caso e vencer o jogo, eles descobrem que nem o “jogo” nem o irmão de Max eram o que aparentavam. No decorrer de uma noite caótica, os amigos ficam cada vez mais envolvidos, à medida que cada reviravolta leva a um rumo inesperado. Sem regras, pontos e sem saber quem são todos os jogadores, este pode se tornar o jogo mais divertido de suas vidas... ou fim de jogo.

A Noite do Jogo é uma divertida comédia com inúmeras reviravoltas e cheia de ação que vale a pena ver. Cheio de surpresas, o filme rende boas risadas enquanto nos deixa genuinamente preocupados com o bem estar dos personagens em tela.



Max e Annie, são extretamente competitivos, que jogam qualquer tipo de jogo pra ganhar mesmo, não aceitam derrota, numa noite, após responderem ao mesmo tempo, se conhecem, apaixonam e anos depois estão casados. O hobby deles, é jogar sempre toda semana se encontram com um grupo de amigos, para se divertir comer e jogar.



Ao mesmo tempo, todos eles precisam dispistar o vizinho, o sinistro policial, com quem não gostam e não querem jogar. O irmão de Max chega, e com ele o filme começa a se desenrolar… Brooks tem um ego inflamado, exibicionista, ama esfregar suas qualidades para seu irmão. Ele convida seu irmão, e seus amigos para um jogo inusitado. Reunidos em sua casa, eles precisam decifrar um sequestro “ de brincadeirinha”

O filme acerta em todas as notas, emoçaão e humor estão presente nos enredo, A noite do jogo nos lembra o quanto é bom escolher algo para rir, esquecer os problemas, além dos atores que são especialmente sensacionais, foi um filme bom, gostei muito.

Aqui vai o trailer:

Resenha: Notas de Liberdade, do Fred Elboni


VOCÊS CONHECEM FRED ELBONI?

Oi gente, hoje eu vim falar do livro de um autor que eu amo, o Fred Elboni, Notas de liberdade é o livro mais atual lançado dele, e a história é leve e fluída.


Livro: Notas de liberdade
Autor(a): Fred Elboni
Editora: Benvirá
Ano: 2017
Páginas: 232
Onde encontrar: SARAIVA
Mariana vive lutando pelo direito de ser ela mesma: um tanto desbocada, livre e maluquinha.Sofia está descobrindo o mundo, aprendendo a amar e, mais que tudo, aprendendo como é perder alguém que se ama. Luiza está naquela fase de olhar para trás e ver se a vida valeu a pena. O sucesso é mesmo tudo na vida? Três mulheres muito diferentes em busca da mesma coisa: seu lugar no mundo. Em “Notas de liberdade”, Fred dá voz a essas personagens e nos leva a mergulhar no mundo de cada uma – e, por reflexo, no nosso próprio mundo também. O que elas conversam com o teto do quarto antes de dormir? Quais são seus sonhos, seus medos, suas dores? O que afinal realmente importa?

O livro é composto por três histórias, Mariana, Sofia e Luiza, três garotas com personalidades, diferentes, seja por conta de sua idade, modo de pensar ou pela forma como vivem a vida. O livro é dividido três partes e cada parte possui suas crônicas leves,divertidas e bem reais.È possível encontrar em cada texto um pouco de si mesmo. Gostei da forma como uma frase aqui e ali se encaixou em diferentes fases da minha vida e continua.

São mais que notas de liberdade, são notas de vida. Um livro para ler e fortalecer a esperança de que tudo é passageiro, a felicidade e o sofrimento. A leitura rende boas reflexões e um par de LIBERDADE. Rs.



Mariana cresceu em uma família que não a apoia em suas escolhas profissionais e é frequentemente julgada pelos demais por ser diferente, meio maluquinha. Enquanto muitos a vêem como uma garota que não quer se envolver com alguém, apenas curtir, o que ela quer mesmo é alguém com que ela possa ser feliz, compartilhar suas “loucuras” e ser ela mesma.



Sofia é uma menina do interior, romântica, sonhadora e ansiosa, que cultiva um grande amor por livros, músicas e ipês. Após uma grande perda, ela é obrigada a lidar com a dor, a saudade e todas as responsabilidades da vida adulta.

Uma coisa é perder alguém para outro amor, por desencontros da vida, pois esse adeus pode não ser definitivo, você até consegue ter notícias da pessoa, talvez encontrar, saber se está feliz, mesmo sem estar ao seu lado. Outra coisa é perder alguém para algo que a gente não entende...


Luiza, é apaixonada por viagens e seu trabalho. Estilista e dona de uma marca renomada, ela nunca se envolveu em um relacionamento sério duradouro, talvez por prezar muito por sua liberdade ou por conta de sua dificuldade em se relacionar. Agora, Luiza se pergunta se o sucesso é realmente tudo na vida e até que ponto vale a pena preservar sua liberdade. Luiza acaba ficando sozinha por colocar o trabalho, dinheiro acima de tudo.



Se você ainda não conhece o canal do yotube do Fred, corre lá e procura fred elboni, experimente ouvir e concordar com tudo que ele fala! Em Notas de Liberdade sua escrita é agradável e descontraida, apresentando ao leitor as personalidades das personagens em curtos textos, com acontecimentos do dia a dia.

É como uma conversa com o leitor, onde se identificamos com os assuntos abordados e acrescentamos pensamentos mais leves a vida, essas ideia, são expostas e discutidas de modo fluido que é impossivel não finalizar a leitura rapidinho, recomendo a todos que conheço acompanhar o canal do Fred, e seus livros. São ótimos.

Então é isso gente, até logo, bjs Raissa

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.