Lançamento: LEVE-ME COM VOCÊ, da Catherine Ryan Hyde


Esqueça todas as histórias que você já leu sobre as férias de verão. Troque as praias paradisíacas pelos tons terrosos das reservas naturais americanas, as cadeiras e protetores solares por um trailer e um pacote de marshmallows, e abra bem os olhos para observar as estrelas com August, Seth e Henry, o trio improvável e inesquecível de LEVE-ME COM VOCÊ.

Onde encontrar: Amazon  |  Saraiva

August Shroeder é um professor de ciências desacreditado e um alcoólatra em recuperação. Todos os anos, seu destino nas férias de verão é o mesmo: a estrada. Em seu trailer, ele percorre quilômetros e mais quilômetros nas rodovias para visitar os belíssimos parques e reservas naturais. Seu plano era visitar o Parque Nacional Yellowstone com seu filho, Phillip, mas agora não há ninguém no banco do passageiro — apenas um punhado de cinzas guardado no porta-luvas, em uma garrafa de chá carregada de significado.
Quando o trailer quebra, August busca conserto na oficina mais próxima. Mas, além do motor home pronto para seguir viagem, ele sai de lá com dois garotos a tiracolo — seus novos companheiros nessa road trip — e a chance de repaginar uma viagem que tinha tudo para ser melancólica e permeada por lembranças doloridas.

Com a ternura de Em Algum Lugar nas Estrelas, de Clare Vanderpool, e a dose de esperança de O Último Adeus, de Cynthia Hand, Catherine Ryan Hyde escreveu um verdadeiro tesouro escondido. E a DarkSide® Books convida você a encontrá-lo, embarcando nessa jornada ao lado de personagens humanos e reais: Seth, o irmão mais velho, é um menino sério e corajoso que precisa aprender a não carregar o mundo nas costas. Henry, o caçula, é tímido e quieto, e, embora saiba falar, escolhe não fazer isso. Assim como August, eles precisam respirar novos ares, fazer novas memórias e, claro, viver uma aventura.

É com a sensibilidade e o encanto que se tornou marca registrada dos livros da linha DarkLove que Catherine Ryan Hyde fala sobre honestidade, luto, perdas, conquistas e transformações, desatando nós nos corações dos leitores e curando feridas que ninguém imaginava ter. Com sua voz poderosa, que já emocionou milhares de leitores pelo mundo, ainda traz à tona uma discussão sobre a imprevisibilidade da vida e como família nem sempre significa dividir o mesmo sangue.

Seu amor pelos animais e pela natureza fica evidente no desenrolar da história, e suas palavras transmitem essa paixão para o leitor com tanta naturalidade que é só fechar os olhos para visualizar as cores cinematográficas do Grand Canyon ou sentir a vertigem dos montanhistas que escalam os penhascos de Zion. E, conforme as páginas viram e a jornada chega ao fim, estreitamos os laços com os personagens e nos tornamos confidentes de suas histórias.

LEVE-ME COM VOCÊ é um daqueles livros que aquecem o coração e mostram que nem sempre a vida sai como o planejado, mas que as surpresas que surgem pelo caminho, muitas vezes disfarçadas de contratempos, podem ser exatamente aquilo de que mais precisamos.


Sobre a Autora: 

Catherine Ryan Hyde é autora de mais de 30 livros. Em suas inúmeras viagens, fez trilhas por Yosemite e pelo Grand Canyon, escalou o Monte Katahdin, viajou pelo Himalaia e percorreu a Trilha Inca de Machu Picchu. Para documentar as experiências, Catherine tira fotos e grava vídeos que compartilha com seus leitores e amigos na internet. Um dos seus livros de maior sucesso é Pay It Forward, que inspirou o filme A Corrente do Bem (2000) e a levou a fundar e presidir (entre 2000 e 2009) a Pay It Forward Foundation. Como oradora pública profissional, já palestrou na National Conference of Education, falou duas vezes na Cornell University, se reuniu com membros da AmeriCorps na Casa Branca e dividiu um palco com Bill Clinton. Mora na Califórnia, escreve com regularidade em seu blog e divide seus dias com Jordan, Ella e Soul, seus animais de estimação. Saiba mais em catherineryanhyde.com

Espero que tenham gostado do post.

Beijos, e até a próxima!!

Resenha: A Mulher na Janela, de A. J. Finn [BEDA 30]


Oi oi gente!!

A resenha de hoje é sobre o livro A Mulher na Janela, o primeiro livro do autor A.J.Finn. E que foi publicado aqui no Brasil pela editora Arqueiro. 

Autor: A. J. Finn
Titulo Original: THE WOMAN IN THE WINDOW
Páginas: 352
Editora: Arqueiro
Ano: 2017
Marcador de Página: Link
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon

Anna Fox mora sozinha na bela casa que um dia abrigou sua família feliz. Separada do marido e da filha e sofrendo de uma fobia que a mantém reclusa, ela passa os dias bebendo (muito) vinho, assistindo a filmes antigos, conversando com estranhos na internet e... espionando os vizinhos.
Quando os Russells – pai, mãe e o filho adolescente – se mudam para a casa do outro lado do parque, Anna fica obcecada por aquela família perfeita. Até que certa noite, bisbilhotando através de sua câmera, ela vê na casa deles algo que a deixa aterrorizada e faz seu mundo – e seus segredos chocantes – começar a ruir.
Mas será que o que testemunhou aconteceu mesmo? O que é realidade? O que é imaginação? Existe realmente alguém em perigo? E quem está no controle?
 Neste thriller diabolicamente viciante, ninguém – e nada – é o que parece. A mulher na janela é um suspense psicológico engenhoso e comovente que remete ao melhor de Hitchcock.

Anna Fox é psicologa e está reclusa dentro de casa por sofrer de agorofobia. Com 38 anos e divorciada, Anna fica entre ver a vida dos vizinhos com sua câmera (pela janela) e dar conselhos para pessoas na internet, porém, sempre com uma taça de vinho ao seu lado.


Como médica, digo que o paciente precisa estar num ambiente que ele seja capaz de controlar. Essa é a minha avaliação clínica. Como paciente, digo que a agorafobia não veio para destruir minha vida: ela agora é a minha vida.

Mas essa sua rotina muda completamente quando ela "conhece" os novos vizinhos — Os Russells, que se mudam para a casa em frente a sua. Além de serem uma novidade para ela, depois de tanto tempo com a mesma monotonia.

Quando Anna presencia um crime, enquanto vigiava a família Russells. Ela rapidamente procura ajuda. Mas quem acreditaria em uma mulher que mistura os medicamentos com vinho. 

O que vai nos levar a acreditar que ela pode realmente esta falando a verdade, mas quando todos vão a casa dos Russells... tudo está normal.

Será mesmo que ela viu o que disse?
Quem são realmente Os Russells?
Existe realmente alguém em perigo? 
E quem está no controle?

Alguns têm pavor de gente, outros, da desordem do trânsito. Para mim, o problema está na vastidão do céu, na desmesura do horizonte, no simples fato de estar exposta à pressa acachapante da vida ao ar livre.
Eu queria falar mais sobre a história, mas além da sinopse o livro também tem muito mistério que se for revelado vai acabar perdendo a graça. Mas é claro que vamos ter muitos segredos revelados durante a trama, o que só aumentou o suspense durante a leitura.

A diagramação do livro é ótima, com as folhas amareladas o que não deixou a leitura cansativa. Eu comecei a ler o livro por uma amostra que baixei na Amazon, e super recomendo qualquer um dos dois formatos de leituras. A editora manteve a capa original (capa gringa), e isso me deixou muito contente, porque ela é linda.

Esse livro ótimo para quem ainda não leu nada do gênero ou quer se aventurar em algo. Além do suspense o livro também aborda outros assuntos muito importantes (o que me cativou) desde o inicio.
A Mulher Na Janela é um thriller surpreendente, que nos leva a crer em algo chocante, para logo depois provar o contrario. Com uma escrita envolvente e misteriosa, A.J Finn vai nos levar para conhecer Anna e sua vizinhança e como nem tudo é o que aparenta.

Espero que tenham gostado da resenha, e da minha sincera opinião.

Beijoss, e até a próxima!

Novidade: Saiu o primeiro capitulo de Dama de Ferro, da T. J. Diniz [BEDA 29]


Oi oi gente!!

Bom, eu entendo que faz tempo que não falo de Codinome Pandora aqui no blog, mas eu precisava trazer essa noticia para vocês.

O segundo livro da trilogia Codinome Pandora, se chama Dama de Ferro. A autora disponibilizou o primeiro capitulo no seu site, para quem quiser matar um pouco as saudades de Alice e todos os seus amigos. Lembrando que Codinome Pandora já foi resenhado aqui no blog. Tem entrevista (aqui) com a autora, e também tem um BookReview de Codinome Pandora.



Um pouco sobre Codinome Pandora, o primeiro livro da trilogia.


O mundo é feito de escolhas, algumas com mais consequências que outras. Alice Carter sempre entendeu isso. Entendia também que o mundo era um local perigoso para se viver.Uma jovem britânica de 18 anos que cresceu em um mundo problemático, assolada por um passado repleto de traumas. Sem o pai que a abandonou junto ao irmão e sem a mãe que faleceu enquanto ainda era uma criança, Alice encontrou na NSI (National Security Investigation), uma agência do governo britânico, uma forma de abandonar os fantasmas do passado. Usando o codinome Pandora e colocando a sua vida em risco, ela tentará dosar sua vida entre o mundo da espionagem e o mundo onde ela é apenas uma adolescente prestes a terminar o colegial. Vivendo uma vida dupla, ela terá que lidar com o seu gênio difícil para não afastar aqueles que ama; quando um garoto irresistível aparece, balançando seus sentimentos, Alice percebe que será mais difícil protegê-lo da sua vida conturbada com uma ameaça eminente vinda do passado, arriscando a vida de todos. Ela terá que decidir se deve fugir do passado ou enfrentá-lo de uma vez por todas, mesmo que isso custe os seus dois mundos.

Espero que tenham gostado da novidade, e se quiser saber mais um pouco sobre a autora, fica de olho aqui no blog. Porque eu vou sempre estar falando sobre as obras da T. J. Diniz.

Beijoss, e até a próxima!!

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.

FADA SCRAP FESTA