Resenha: Dias Perfeitos, do Raphael Montes


Oi gente, hoje vim falar de uma leitura nacinal, de um autor que eu amo!
Raphael é dono do Vilarejo, Jantar secreto, Suicidas e Dias perfeitos. Hoje vim falar desse último que não tinha lido ainda....


Livro: Dias perfeitos
Autor(a): Raphael Montes
Editora: Cia das letras
Ano: 2014
Páginas: 280
Onde encontrar: Saraiva
Téo é um solitário estudante de medicina que divide seu tempo entre cuidar da mãe paraplégica e examinar cadáveres nas aulas de anatomia. Durante uma festa, ele conhece Clarice, uma jovem de espírito livre que sonha tornar-se roteirista de cinema. Ela está escrevendo um road movie sobre três amigas que viajam em busca de novas experiências. Obcecado por Clarice, Téo quer dissecar a rebeldia daquela menina.Começa, então, uma aproximação doentia que o leva a tomar uma atitude extrema. Passando por cenários oníricos, que incluem um chalé em Teresópolis e uma praia deserta em Ilha Grande, o casal estabelece uma rotina insólita, repleta de tortura psicológica e sordidez. O efeito é perturbador. Téo fala com calma, planeja os atos com frieza e justifica suas atitudes com uma lógica impecável.A capacidade do autor de explorar uma psique doentia é impressionante – e o mergulho psicológico não impede que o livro siga um ritmo eletrizante, repleto de surpresas, digno dos melhores thrillers da atualidade. Dias perfeitos é uma história de amor, sequestro e obsessão. Capaz de manter os personagens em tensão permanente e pródigo em diálogos afiados, Raphael Montes reafirma sua vocação para o suspense e se consolida como um grande talento da nova literatura nacional.
Em dias perfeitos temos o Téo, estudante de medicina, filho da de uma paraplégica, ele é muito sozinho, reservado da sociedade e divide seu tempo entre aulas de anatomia, o cadaver gertudres e sua mãe, ajudando-a nas tarefas diárias…


Sua mãe o convence aí em um churrasco e lá ele conhece Clarice, uma garota legal e simpática que está escrevendo um roteiro para um documentário. Téo logo se interessa por ela e pelo seu jeito, começa a descobrir mais sobre a garota, sua personalidade peculiar faz stalkear obcecadamente por Clarice... capaz de fazer qualquer coisa para conquistar-lá. Mas Clarice tem namorado… porém isto não é problema para Téo! ele acredita ser o homem ideal para ela.


Este livro trata de um assunto um pouco discutido na sociedade, porém muito conhecido: os chamados psicopatas. Mesmo o livro não usando esse termo, o personagem principal tem a descrição que se enquadra com certeza no Clínico de um psicopata. Téo é um estudante, 20 anos de poucos amigos; tem apenas uma amiga que mantém um vínculo muito forte: com Gertrudes, sua amiga cadáver.


Ele não possui afeto por ninguém, sua mãe é considera um peso por ser cadeirante. Quando ele conheceu Clarice ela o deixou sem graça, e como isso não aconteceu, Ele passa a persegui-la com o intuito de provar que formam um belo casal... quando ele recebe um não, essa sua obsessão o faz a sequestrar.. Cria a todos uma desculpa de que estão namorando e assim a mantém refém por meses. A coitada fica em seu poder, em sua mente tudo que ele faz é por amor.. entretanto constantemente a dopa, coloca algemas e a amordaça, espancando algumas vezes.

Na minha opinião ele é um pouco cansativo no ínicio, e se você for com muitas expectativas possa ser que você no fim do livro não alcance essas expectativas.
 Clarice consegue virar o jogo mas por pouco tempo já que ela acaba descobrindo algo que a deixa sem estruturas.

O fim do livro é um pouco inacreditável, não gostei muito, fiquei muito chateada, kkk
 mas é um livro que a leitura te prende e dá pra ler em um dia.

Então é isso gente, beijos Rah

3 comentários:

  1. Oiii Rah

    Ah que pena que o livro decepcionou um pouco, é sempre horrivel quandoa gente ama um autor e espera o máximo da história, o jeito é sempre ter as expectativas baixas mesmo. Tenho vontade de ler algo do Raphael e quero começar por outros livros dele, se gostar quem sabe me arrisque também com este, apesar dos apesares.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Menina, eu ganhei um livro do Raphael mas não senti tanta vontade de ler, acabei dando em um sorteio. Ainda assim eu gostaria de conhecer mais livros que falam sobre psicopatas, eu acho muito interessante a temática.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Rah!
    Eu não sei o que pensar sobre essa sua resenha ahahahaha Todo mundo fala bem sobre o autor e eu tenho Suicidas aqui para ler. Não sei se leria esse livro, pelos seus comentários, mas vou tentar com outro!
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.