Resenha: A Vez de Anne, da Mônica Meirelles

 Oi oi gente!!!
O livro de hoje é da parceira do blog Mônica Meirelles. Ela cedeu o seu livro (em eBook), para resenha. Nesse livro vamos acompanhar a história de Anne e Daniel, onde temos encontros e revira voltas do destino, durante a leitura. Que também arrancou suspiros e risadas em alguns momentos... espero que gostem de conhecer A Vez de Anne.

Autora: Mônica Meirelles
Páginas: 302
Editora: Independente
Ano: 2016
Onde encontrar: Wattpad | Skoob | Amazon
O problema não é estar grávida do ex que Anne não ama mais. O problema também não é se apaixonar por um homem mais velho, estranho, que do nada some e não se explica.     O problema é estar grávida e perder a liberdade, é ver as pessoas que ela considera amigos lhe virarem as costas, é ser traída, ser enganada, é se sentir insegura e abandonada, é não saber o que esperar das pessoas e da vida. No entanto, o problema, antes de tudo, é precisar fazer escolhas e não saber que escolhas fazer, escolhas essas que possibilitará ou não a sua vez de ser feliz, A vez de Anne.


Anne é uma garota de 19 anos, que está vivendo a sua melhor época. Está namorando o garoto que sempre sonhou, tem duas amigas maravilhosas — Lucy e Samanta, e acabou de tirar sua carteira de habilitação. 
Mas como nem tudo são flores, essa sua época maravilhosa acaba e ela fica sem chão, quando descobre que seu até então namorado — Vitor, estava aos beijos com uma de suas amigas, Samanta.

Para tentar esquecer essa traição, ela viaja com a família e sua outra amiga, para o Rio de Janeiro. Chagando no Rio, ela vai curtir um bloco com Lucy, e lá encontra o Daniel (Um médico extremamente lindo), que acaba ajudando ela em um "acidente". Assim que chega em casa, ela percebe que está com a menstruação atrasada e logo depois se comprova que ela está gravida do seu ex-namorado. 

Voltando para o Rio Grande do Sul, ela tem que enfrentar um mundo com mais responsabilidade. O seu ex-namorado pede para assumir o bebê e também voltar com ela.

Anne, ainda pensa no seu deus-muso, a forma como ela chama Daniel. E claro Daniel não parou de pensar nela nem mesmo por um segundo. Mesmo com algumas marcas do passado, Daniel está apaixonado por Anne e vai atrás dela...

Com esse amor que surgiu durante o Carnaval, toda a distância que separa os dois, e esse bebê que em breve vai chegar, será que Daniel e Anne é capaz de viver esse amor que aconteceu a primeira vista?

A Mônica soube deixar a leitura excitante e ao mesmo tempo não deixou cair na mesmice de uma leitura clichê, com uma narrativa leve e bem comum, consegui finalizar o eBook em dois dias. 

Quando você começa a ler mais um pouco, vai ficando cada vez mais claro que a autora soube tratar de diversos assuntos sem ser vulgar ou deixar a leitura cansativa. 

Sabemos que gravidez, traição e liberdade de expressão, são coisas importantes e que devem ser tratadas de uma forma delicada. E a Mônica tem essa forma direta e envolvente que me fez ver a história de uma forma mais comum.


Como eu li o livro em eBook, então, não posso dizer sobre a diagramação, espaçamento e tudo mais. Mas posso dizer que a capa é linda e acho que todos deveriam dar uma chance a história. Como já mencionei lá em cima,  o livro é maravilhoso e vale a pena dar uma chance A Vez de Anne. Esse livro foi o vencedor do The Wattys 2015 na categoria "Livros mais viciantes", lá no Wattpad. Se puder dá uma passada lá!

Espero que tenham gostado da resenha, e de conhecer mais um livro nacional. 


Beijoss!

Resenha: Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir ~ Os Números do Amor, da Sarah MacLean


Oi oi gente!!
Finalmente estou resenhando para vocês o último livro da trilogia mais maravilhosa que já li. Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir é o terceiro e último livro da série Os Números do Amor, da autora Sarah MacLean. Toda a trilogia foi publicado pela editora Arqueiro (que também cedeu o livro para resenha)


Autora: Sarah MacLean
Série: Os Números do Amor #3
Ano: 2017 
Páginas: 336 
Editora: Arqueiro
Onde encontrar: Skoob  |  Amazon  |  Goodreads
Juliana Fiori é uma jovem ousada e impulsiva, que fala o que pensa, não faz a menor questão de ter a aprovação dos outros e, se necessário, é capaz de desferir um soco com notável precisão. Sozinha após a morte do pai, ela precisa deixar a Itália para viver com seus meios-irmãos na Inglaterra.
Ao desembarcar no novo país, sua natureza escandalosa e sua beleza estonteante fazem dela o tema favorito das fofocas da aristocracia. Pelo bem de sua recém-descoberta família britânica, Juliana se esforça para domar seu temperamento e evitar qualquer deslize que comprometa o clã. Até conhecer Simon Pearson, o magnífico duque de Leighton.
O poderoso nobre não admite nenhum tipo de escândalo e defende o título e a reputação da família com unhas e dentes. Sua arrogância acaba despertando em Juliana uma irresistível vontade de desafiá-lo e ela decide provar a ele que qualquer um – até mesmo um duque aparentemente imperturbável – pode ser levado a desobedecer as regras sociais em nome da paixão.

A nossa personagem principal Juliana Fiori é a meia-irmã de Gabriel e Nicholas St. John, os protagonistas dos dois livros anteriores. 
Ela nasceu na Itália, longe dos seus irmãos e dos bailes e festas da sociedade Londrina. Por ter nascido e ter sido criada longe de uma sociedade cheia de regras e costumes, ela sempre comete um erro ou outro. E como ela é obstinada, não se deixar levar pela nova vida que está levando. Desde o primeiro livro, Juliana tem evoluído bastante. No primeiro livro percebemos que ela tinha uma língua afiada, e isso não mudou muito. Mas agora ela não quer dar o gostinho para as revistas de escândalos sendo a garota que só se mete em confusão.

Simon Pearson é o Duque de Leighton — rapaz lindo, atraente e muito educado. Ele é aquele mocinho que gosta de seguir as regras e da repercussão do seu sobrenome, na sociedade. Após ter encontrado Juliana depois de um baile, ele tem uma breve discussão com ela — que por sinal rendeu várias risadas. Simon não acredita tanto assim no amor, por ter sido criado em um lar sério e cheio de regras, não acha que vai encontrar um amor para si.

Juliana fica atraída a fazer ele se render ao amor e com isso propõe um desafio que vai mudar a vida de ambos...
A autora como sempre criou uma personagem independente, engraçada e espontânea. A história é bem desenvolvida, os personagens bem construídos e todos os personagens tem personalidades fortes. 

Os personagens secundários são bem aproveitados nesse livro. A Sarah tem uma forma de escrever que deixa a leitura bem leve e fluida, o que é maravilhoso. A forma que ela cria um casal que tenha química e que não bera ao clichê.



O livro é um romance delicado e ao mesmo tempo eletrizante, entretanto o livro continua autêntico e divertido. Toda a trilogia é muito bem construída e desenvolvida. 
Onze Leis a Cumprir Na Hora de Seduzir é um romance na qual eu indico para todos, sem exceção. 

➳  Trilogia Os Números do Amor:

NOVE REGRAS A IGNORAR ANTES DE SE APAIXONAR - Resenha
DEZ FORMAS DE FAZER UM CORAÇÃO SE DERRETER - Resenha
ONZE LEIS A CUMPRIR NA HORA DE SEDUZIR - Você está nela

Então é isso gente, espero que tenham gostado da resenha!
Beijoss, e até a próxima.


O cheiro de livros me dá as boas-vindas imediatamente e eu me sinto em casa. Pode me chamar de Alice, tenho 22 anos (com carinha de 15). Aqui você vai encontrar de tudo um pouco, porque sou uma estudante de publicidade eclética e hiperativa de 6h às 18h.





Colaborador


Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.