Resenha: Amor Abstrato, da Daya Alves

Oi oi gente!

A resenha de hoje é do livro da autora parceiro do blog — Daya Alves. A autora tem outras obras como Estarei Aqui e alguns contos, porém, o livro que estou resenhando é a sua mais recente obra lançada pela editora Coerência.


Autora: Daya Alves
Páginas: 244
Ano: 2017
Editora: Coerência
Onde encontrar: Skoob
Marcados por traumas do passado, Jaque e Léo cresceram juntos, curando as feridas um do outro com a amizade típica de duas crianças. Eram diferentes em tudo. Ele, filho do patrão, e ela, filha da empregada. Com o passar dos anos, conforme Léo se tornava um típico bad boy que aproveita ao máximo cada segundo de sua existência, Jaque lutava contra as adversidades, confiante de que alcançaria seus objetivos.Suas escolhas os separaram, mas uma grande tragédia os uniu. E caberá a Jaque utilizar de todo o seu esforço para não deixar que Léo se perca de vez na escuridão que tomou conta de sua vida.Poderia a fé, o amor e a esperança, apaziguarem as dores da alma daquele que ela sempre amou em segredo? Jaqueline acredita que sim e embarcará nessa incrível jornada, lutando com as armas que conhece, para guiar seus passos de volta à felicidade.

Esse livro vai nos contar a história do Léo que é aquele tipico bad boy, que está sempre nos tabloides das revistas, por ser um filho de um cara muito rico, e que sempre está envolvido em problemas...


E também vai contar a história Jaqueline é a filha da governanta da família do Léo, porém, não tem vergonha de dizer que é filha da empregada — Ela tem é orgulho da mãe. Ela e sua mãe passaram por muitas coisas para estarem ali. Jaque finalmente terminou a faculdade de fisioterapia, que foi pago pelo chefe de sua mãe o Sr.Leônidas. 


O livro começar com Jaque e Léo na pista de dança da formatura dela. Léo nunca foi um cretino com Jaque, sempre a tratou como uma irmã/melhor amiga e isso não daria em outra coisa — paixão. Bom, enquanto estavam dançando no salão de baile, Léo acaba beijando Jaque. Ele acaba levando um choque de realidade quando percebe que está beijando a garota que cresceu com ele, e que ele nunca olhou com "outros olhos" além de amizade. Foi quando ele larga Jaque no meio do salão (sozinha) e vai embora....

Momentos depois a mãe de Jaque recebe uma ligação de um Hospital, informando que Leônidas Junior — o Léo, sofreu um acidente grave e está a beira da morte. 
Pela primeira vez em minha vida, pude experimentar um tipo de amor que eu nem ousava imaginar que existia, porém, no dia seguinte, você escapou de minhas mãos, sem nem ao menos eu saber o motivo. Me senti um lixo, aleijado e descartável.
Quando Léo acorda percebe que está paraplégico e tudo por causa do pai (como assim?, deixa eu explicar). Bom, no momento em que Léo estava em coma, por causa do acidente, o Sr.Leônidas acionou os seus advogados para fazer uma transferência do filho para um Hospital particular, o mais rápido possível. O que acabou piorando o estado de saúde do Léo, que durante o acidente bateu a coluna.


Na segunda parte do livro acompanhamos Léo e Jaque nessa sua nova rotina, passando por medos e inseguranças, conhecendo gente nova e descobrindo que apesar das dificuldades, no fim tudo pode dar certo.

O livro vai te surpreender que o livro não vai contar apenas a tragédia de vida do Léo e da Jaque. Você vai conhecer a história da Mãe da Jaque e o que levou elas ali. O que aconteceu por trás do acidente do Léo, que depois descobrimos que foi intencionado por alguém...

Amor Abstrato é um livro que envolve esperança, fé, amor, segredos e acima de tudo superação. Um livro que conta mais do que uma simples história, conta trajetórias de vida que foram entrelaçadas pelo destino.

— Mas que tipo de amor é esse que abandona o outro quando ele mais precisa?   — É um amor que entende que cada pessoa precisa se amar primeiro para poder dar o melhor de si mesmo.
 — Para mim, isso é como um quadro que todo mundo admira, mas ninguém entende. Esse tipo de Amor Abstrato que você me está oferecendo eu não quero!         — É só o que eu tenho a oferecer no momento.


Os personagens e antagonistas foram bens construídos e inseridos na trama de uma forma maravilhosa. Não me senti perdida quando a Daya mudava de narrador em alguns capítulos. O livro tem uma ótima diagramação, com frases do livro O Pequeno Príncipe, que em certos momentos durante a leitura nos fazia refletir.

A música tocara a alma de Jaque, fazendo-a entender a forma como Léo se sentia. Ele ainda se culpava por seus erros, e talvez nunca se perdoasse de fato. Ambos tinham feridas na alma, mas, acima de tudo, agora tinham um ao outro.

A autora se superou nesse livro, porque diferente das suas outras obras, essa tem mais drama, emoção e conta com uma carga emocional muito grande. Eu não fiquei com ressaca literária, porém, fiquei um pouco chateada com o final, esperava mais dos personagens. Nada que prejudicou com a minha opinião, mas eu queria que algumas coisas tivessem sido diferente.


Mas posso garantir para você que ainda não leu, que é um livro surpreendente, cheio de amor e sentimento em cada linha.

Espero que tenham gostado da resenha, e não se esqueçam de comentar!

Beijoss, e até a próxima.

7 comentários:

  1. Gostei da premissa e que capa linda <3

    Beijos,
    Pri
    www.vintagepri.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi Alice , muito obrigada, fiquei feliz por sua avaliação sincera, é a segunda resenha fofa que o livro ganha❤️

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alice!
    Apesar do final, pelo que vi você curtiu a leitura.
    Anotei a dica porque tem vezes que estou a fim de ler um dramalhão mesmo, daqueles com uma carga emocional lá em cima.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe do Natal Literário e ganhe prêmios maravilhosos

    ResponderExcluir
  4. Oiii Alice

    De momento não estou muito na vibe para dramas, mas me alegra saber que apesar de ter ficado decepcionada com os personagens no final parece ter sido uma leitura que te prendeu bastante.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Alice, tudo bem?
    Ainda não conhecia esse livro, valeu pela dica. E eu curti bastante a capa!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  6. Oi, Alice!
    Gostei muito da premissa desse livro, apesar de não conhecer a autora e suas obras.
    Sem falar que adorei saber que a trama fica focada nos mistérios da mãe e do acidente, não só na sua recuperação. Isso me deu mais vontade ainda de realizar a leitura.
    Já está na wishlist e espero poder ler em breve.
    Beijinhos,

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.

FADA SCRAP FESTA