Tag: Dias da semana em livros


Oi, gente!
Como de costume, toda Sexta-feira vou postar uma Tag aqui no blog, então podem esperar queridos.

A Nah do blog Abobrinha com Chocolate nos indicou para responder a Tag Dias da Semana em livros, e como eu ainda não tinha respondido ela ainda e nem tinha sido indicada por ninguém, resolvi responder.


DOMINGO: UM LIVRO QUE VOCÊ NÃO QUERIA QUE TERMINASSE 


Eu gostei muuito do livro as Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, eu li em dois dias o livro e fiquei toda depre quando terminei de ler. Mas para minha alegria, ele é uma trilogia e em cada livro vamos conhecer um irmão. Estou querendo ler Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter.

SEGUNDA: UM LIVRO QUE VOCÊ TEVE / TEM PREGUIÇA DE COMEÇAR

Sob a Redoma do autor Steven King. Eu queria muito esse livro (Sério, era um sonho de comsumo) mas vi a quantidade de folhas e parecia uma bíblia. então desisti da leitura em e-book.

TERÇA: EM LIVRO QUE VOCÊ EMPURROU COM A BARRIGA OU LEU POR OBRIGAÇÃO


Eu nunca fui forçada a ler nenhum livro, e sempre leio como se nunca tivesse lido nenhuma resenha. Pois uma coisa que aprendi foi que temos que tirar nossas próprias conclusões sobre a leitura. 

QUARTA: UM LIVRO QUE VOCÊ DEIXOU PELA METADE OU QUE ESTÁ LENDO NO MOMENTO


Das últimas de novembro da autora parceira Laís. Eu tive que para de ler na metade pois estava estudando muuuuito. E tinha que ler um livro recomendado por um professor, então parei. Mas já comecei a ler e terminei, então essa semana sai resenha dele.

QUINTA: UM LIVRO DE QUINTA, QUE VOCÊ NÃO RECOMENDA


Morte Súbita da J.K Rowling, esse livro é daqueles que tem conteúdo demais. Para uma história sem sentido. Eu li os primeiros capítulos e pulei para o último, eu sei foi errado mas não estava entendendo nada. Então abandonei a leitura e não recomendo ninguém ler.

SEXTA: UM LIVRO QUE VOCÊ QUER QUE CHEGUE LOGO (LANÇAMENTO OU COMPRA)


O AR QUE ELE RESPIRA está sendo um livro muito aguardado por todos. E para quem não sabe terá continuação. Eu comprei ele e estou aguardando com a maio paciência do mundo :)

SÁBADO: UM LIVRO QUE VOCÊ QUIS COMEÇAR NOVAMENTE ASSIM QUE ELE TERMINOU

Nove Regras a Ignorar Antes de se Apaixonar, esse livro é o melhor livro de todos. Gente eu nunca pedi isso para ninguém mas...LEIAM ESSE LIVRO. O gênero é Romance de Época, mas posso confirmar que tem um pouco de New Adult e Ficção. Agora, para encerrar o post de hoje, aqui vai os blogs que indicamos para responder e dar continuidade a essa tag...

Leitora Cretina - Mônica
Balaio de Babados - Miss Todynho
Decidi Ler - Vêronica
Semi Tributos - Lívia
Postando Trechos - Brenda

Entrevista com Manu Rolim

Oi oi gente,
Como podem ver a entrevista de hoje é com a Manu, autora do livro Só Você. Eu já falei um pouco da autora aqui (Link) e agora vocês vão conhecer e saber os seus projetos. 
  
1 - O que te inspirou a escrever o seu livro "Só Você"? 

Numa viagem que fiz de carro sozinha, avistei num ponto da estrada um casal de namorados que pareciam muito apaixonados e assim nos próximos quilômetros fui imaginando uma história de amor entre eles e então surgiu a ideia inicial para a criação do Só Você.

2 - E o que te fez seguir com a carreira de escritora?

Sempre adorei ler e sempre tive vontade de escrever, mas parecia um sonho muito distante. Confesso que ao escrever o Só Você não tinha grandes pretensões, achei que iria dar o manuscrito apenas há alguns amigos e familiares e a história ficaria por aí mesmo, até um amigo leu e viu potencial na história e me incentivou a publicar e então, o sonho se tornou real.

3 - Qual foi o maior desafio que você encontrou na carreira de escritora, até o momento?

O maior desafio, sem dúvida, foi à dificuldade enfrentada no Brasil para novos autores, a maioria das editoras só publicam livros de autores conhecidos e renomados.

4 - Quais são os seus próximos projetos? Eu sei que Sempre você está a caminho, como você se senti?

Estou em processo de publicação da continuação do Só Você, o Sempre Você que encerra a história de amor da Ellis e do Felipe e já iniciei um novo romance que espero ver em breve nas livrarias.
 Confesso que não foi fácil escrever o último capítulo do Sempre Você, essa despedida deixou saudade, mas foi um projeto muito bonito e que me deixou muito apaixonada, então me sinto muito realizada e acredito que quando consegui publicá-lo a sensação de missão cumprida virá junto.

5 - Como você lida com os elogios/criticas dos leitores?

Tenho recebido muito carinho e elogios, o que fazem muito bem para o ego do autor e também nos incentiva a seguir em frente.
Quanto às críticas:
Acho super importantes, são elas que nos fazem melhorar e corrigir erros que talvez passassem despercebidos.

6 - O que você gosta de ler? Indicaria qual livro para seus leitores?

Sou devoradora de livros. Leio quase de tudo.
No mesmo gênero literário do Só Você, indicaria o Amor não tem leis da Camila Moreira.

7 - Quando escreve, no que se inspira para compor os personagens?

As inspirações vem dos mais diversos lugares. Pode ser um amigos, um familiar, uma música, uma cena cotidiana, algum filme, não há muita regra, há inspiração até no silêncio, no barulho do mar ou em algum momento vivido.

8 -  Qual é a sua parte favorita no processo de escrita de um livro?

Adoro criar a personalidade dos personagens antes de iniciar a história propriamente dita.

9 -  Quem você admira no mundo literário?

O José Saramago, o Gabriel Garcia Márquez, a Clarice Lispector, o Pedro Bandeira, o Fernando Pessoa, o Machado de Assis, o Maurício de Souza (acho incrível a Turma da Mônica ainda encantar tantas gerações e continuar me encantando). Mais atual posso citar a Camila Moreira, a Megan Maxwell. Entre tantos outros...

10- Muito obrigada pela entrevista, saiba que sou muito fã de seu trabalho e lhe desejo todo o sucesso do mundo. Quer deixar um recado para quem ainda não conhece seu livro e para os leitores.

Eu quem agradeço todo carinho e ajuda na divulgação do meu Só Você.
Quero deixar o meu sincero obrigada a todos os leitores do Só Você e um beijo enorme do coração de cada um deles. E para os que ainda não conhecem o meu livro, meu humilde convite a se apaixonar assim como eu me apaixonei quando o escrevi.

Bate e Volta

• Um sonho? 
Continuar escrevendo histórias quem encantem e apaixonem as pessoas.
• Um livro? 
A marca de uma lágrima
• Um filme? 
A vida de David Gale
• Um seriado? 
Friends
• Um lugar? 
Minha casa
• Um autor (a)? 
Como citei o livro dele, vou continuar na mesma linha (risos) : Pedro Bandeira


Autora: Manu Rolim

Capa comum: 224 páginas
Série: Só Você
Páginas: 224
Ano: 2015

Editora: Novo Século
Onde Encontrar: Skoob  Saraiva  Amazon
Resenha: Link

A linda estudante pernambucana Ellis decide passar suas férias de verão na paradisíaca Praia dos Reis, onde se envolve na relação mais sensual e intensa de sua vida com um homem irresistivelmente atraente e possessivo: o médico Felipe. Acostumado a ter todas as mulheres que deseja e descartá-las em seguida, logo percebe que com essa garota as coisas seriam diferentes. Felipe está disposto a fazê-la só dele e não medirá esforços para isso.Um verão com muita paixão, muito sexo, muita intensidade... Dizem que amor de verão não dura para sempre. Será esse capaz de superar o ciúme, a distância e a volta à realidade?

É um livro simplesmente único que me deixou sem fôlego do início ao fim! 
Se você já estava com vontade de ler esse livro, então vai fundo, porque ele com toda certeza do mundo vai se tornar seu livro favorito ♥

Beijos e até a próxima entrevista.

Resenha: De Repente da Nichole Chase

Autora: Nichole Chase  ♥  Editora: Pandorga   ♥  Páginas: 443   ♥  Gênero: Romance   ♥  Ano: 2015


Samantha Rousseau é uma garota que está acostumada a sujar as mãos. Ela faz mestrado em biologia da vida selvagem enquanto ajuda a cuidar de seu pai doente. Logo, não tem tempo para fofocas de celebridades, roupas da moda ou férias em algum paraíso do Caribe.
Quando a duquesa do pequeno país da Lilaria a convida para jantar, Samantha pensa que é para discutir uma doação para sua pesquisa universitária. Mas a verdade mudará o curso de sua vida de uma maneira que ela nunca sonhou.Alex D’Lynsal, príncipe da Lilaria, já rendeu muitas manchetes escandalosas à imprensa. Mas as últimas fotos divulgadas o levaram a fugir para a América e desistir de vez das mulheres. Isto é, até ele conhecer Samantha! Ela é teimosa, determinada e incrivelmente sexy. Sem mencionar que é herdeira de um Estado inteiro, o que a coloca constantemente na primeira página de qualquer jornal.Enquanto Sam aprende a viver em um mundo de política e riqueza, ela também precisa se esquivar de seus sentimentos crescentes por Alex. Afinal, se entregar a eles significaria mais do que apenas se apaixonar; significaria aceitar o peso de uma nação sobre seus ombros.
Queria muito ler esse livro, li a sinopse (que alias é gigante, na minha opinião) e pensei que seria um daqueles livros simples, que a princesa é mimada e o príncipe inocente, mas que engano! Como a própria contra-capa diz '' E se Cinderela não quisesse uma coroa?''. De repente mostra um enredo e personagens que te encantam por serem tão atuais, terem seus próprios dramas e serem focados, alem de tudo se preocuparem com a família e se arrependerem de suas decisões

O dia de Samantha está péssimo, seu carro estava falhando até a ida da escola e não estava conseguindo entrar na biblioteca pois estava tudo fechado. Ela descobre que isso está acontecendo pela presença do Príncipe e da Duquesa do país de Lilária, Sam até acha o príncipe atraente, mas ignora, pois não precisa de um amor platônico em uma hora dessas

 Samantha, ou como prefere ser chamada: Sam,  é bióloga de animais selvagens, especialista em aves de rapina, estudante de pós-graduação, filha de Martha Rousseau, cuida de seu padrasto, que considera como um pai, que está com câncer e precisa passar por vários tratamento e tomar muitos remédios.Divide o apartamento com Jess, sua melhor amiga, que é divertida e lhe da os melhores conselhos nos momentos certos

 Um funcionário da Duquesa diz que ela quer jantar com Samantha, que imagina que seja para tratar sobre suas pesquisas universitárias, ela vai torcendo para que o príncipe não esteja lá, pois se tiver com certeza tomaria sua atenção. E, por sorte/azar da protagonista, o Príncipe foi ao jantar junto com sua tia. A Duquesa surpreende Samantha quando diz que precisa tratar com ela de assuntos de família, dizendo que a família Rousseau fez parte do reino de Lilária por muito tempo e por direito, Sam é herdeira legal de uma cadeira no conselho da Rainha


Estremeci. Eu estava falando com um príncipe, um príncipe de verdade, e minha primeira interação com ele era descrever um personagem de uma história em quadrinhos. Pelo menos eu não era uma babona que ficava só olhando para a cara dele.
 Em choque, ela não sabe se vai ou não, o Príncipe e a Duquesa lhe apresentam muitos motivos para ir embora com eles e assumir seu posto, e o que mais chama sua atenção é o fato de Lilária apresentar oportunidades de tratamentos melhores para seu padrasto, e também se lembra de algo que sua mãe sempre dizia: A família vem em primeiro lugar, então deixa tudo para trás e vai para Lilária, seu pai iria passar por sessões de quimioterapia e iria logo depois

 E ela precisa aprender a conviver nesse país, ao mesmo tempo que está apaixonada pelo príncipe Alex mas com medo de que ele parta seu coração. Também aprende a lidar com a mídia, que a persegue onde ela vai. Alem disso, o livro conseguiu mostrar como a mídia cria especulações falsas e boatos apenas para criar manchete, e nos fazer pensar como deve ser a vida dos famosos com paparazzis sempre os perseguindo


Dizer que meu dia não estava indo bem era o mesmo que dizer que a Revolução Francesa havia sido um pouco turbulenta para Maria Antonieta.
Alex já apareceu em várias manchetes com fotos comprometedoras (+18) o que faz com que todos pensem que ele é um mulherengo. Sam até tenta esconder seus sentimentos, mas fica cada vez mais difícil, o príncipe tem seu objetivo e o demonstra com atitude e certeza, sinto que ele sabia desde o começo que queria conquistar Samantha 

 Samantha é uma personagem sincera, diz tudo o que pensa e podemos perceber isso claramente, muitas vezes ela diz ‘’Merda’’ ou ‘’Quase caguei nas calças’’ no livro, o que diverte o leitor, de ver uma personagem tão normal, alem de independente e que sabe o que quer, a personagem consegue ter seus objetivos e metas, alem de sempre pensar se tomou a decisão certa ao assumir seu posto.Alex é um príncipe encantador, apaixonado por Sam, faz tudo para impressionar ela e se mostra muito cavalheiro. É nítida a química do casal, e o leitor fica maravilha com o romance, mesmo que várias barreiras os atrapalhem, como o fato de Samantha não querer ser a futura Rainha.

 A capa é bonita, o livro tem uma continuação: Imprudente, que conta a história da irmã do príncipe, a Cassie, já tenho esse segundo livro e quero ler, mesmo que não tenha muita empatia com a personagem que ira narrar. Não encontrei erros de revisão e a diagramação segue um padrão lindo

 Mais que indicado! A autora ainda precisa amadurecer muito sua escrita, mas esta leve e facil de ler, nos envolve com os personagens e seus pensamentos, de maneira que nos inserimos rapido na trama e já estamos acompanhando tudo com muita facilidade. Uma leitura envolvente, que te ensinara sobre a família, que não precisa ser de sangue, e também nos trama que não devemos ter medo de nos apaixonar, deixa rolar! 

















Resenha: Essa Luz Tão Brilhante da Estelle Laure


Olá estrelinhas brilhantes, 
hoje eu vim resenhar o livro da capa mais linda já vista por vocês, já sabem de qual livro estou falando!?
Como é que uma estrela que mal se nota se transforma no sol? 

♥ Título Original: The Raging light
 Autora: Estelle Laure    
♥ Páginas: 208  
 Editora: Editora Arqueiro
♥ Ano: 2015
♥ Skoob: Livro


O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado.


Lucille é uma garota que amadureceu do dia para a noite. A mãe disse que iria tirar férias e nunca mais voltou, e o Pai foi internado pois havia surtado. E ela teve que cuidar da irmã mais nova de apenas 9 anos. Lucille tem 17 anos e não vê a hora de fazer 18, pois com isso ela já resolve a maioria dos seus problemas.

_Que tipo de pessoa não volta?_Não Sei. Que tipo de pessoa vai embora para começo de conversa?


O livro tem uma bela história de superação, você deve ter pensado que era um livro bobinho, e não sabia que era (Ou melhor, é) um livro envolvente e forte. Que vai contar a história de uma garota que mesmo tendo uma família desestruturada, ela vai seguir em frente e continuar a andar, pois a sua irmã precisa dela.

O livro tem alguns personagens secundários, que ajudam bastante a personagem. Como o Digby irmão gêmeo da Eden sua melhor amiga. A família Jones é maravilhosa com Lucille, ajudando-a sem saber ao certo a confusão do que se está passando com ela... E Wren irmã de Lucille, é uma fofa e é admirável a relação das duas nessa história.
Tenho pensado que talvez existam coisas que simplesmente não podem ser explicadas. Que talvez, quando várias coisas ruins acontecem, coisas boas veem logo em seguida.

Quando solicitei o livro eu imaginei "Pronto, mas um daqueles romances adolescentes em que a mocinha fica com o rapaz da sinopse". Só que foi bem diferente, OKAY é um romance adolescente, mas a história toma um rumo diferente, e eu me surpreendi muito com a Lucille e sua vida.

O livro é narrado pelo ponto de vista da Lucille, ou seja em primeira pessoa. Uma das coisas que amei nesse livro foi essa capa incrível que deixa no chão todas as outras capas dos outros livros Rsrsrs' Eu adorei a parte traseira, com traços degradê bem parecidas com o aplicativo Instagram (♥). O design tanto externo quanto interno da obra é incrível, com detalhes dos capítulos e frases. 


Esse livro possui uma continuação, e se chamara But Then I Came Back, e contará a história de Eden, a melhor amiga de Lucille. 
- Sinto muito se você está triste, querida – lamenta quando chego à porta. – É mesmo uma pena. Você foi uma criança muito alegre.

Então é isso pessoal,se vocês já leram esse livro me contem nos comentários e se ainda não saiba de uma coisa que aprendi sendo LEITORA, é que temos que tirar nossas próprias conclusões ♥

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Sorteio

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.

FADA SCRAP FESTA