Resenha: O Garoto Ao Lado da Laritza Oliveira

Oi oi gente,
Hoje temos resenha de um livro muito fofo, e que me emocionou muito. Antes de falar sobre o livro eu quero pedir desculpas a autora pela demora. Desculpa Lari

Título: O Garoto Ao Lado   ♥  Autor: Laritza Oliveira   ♥   Editora: Novo Século   ♥   Ano: 2015   ♥  Páginas: 160
Apesar de seu nome, Alice não tem nenhum "País das Maravilhas" à sua volta. Não há nenhum Chapeleiro Maluco, muito menos um gato sorridente por perto. Acontecimentos do passado atormentam sua mente. Ela não pensa duas vezes em se mudar após a separação dos pais, e, em uma nova cidade, em uma nova turma, Alice encontra-se sozinha em seu último ano do Ensino Médio. Mesmo tendo parte de sua família por perto, ela se sente isolada em meio à multidão, e ninguém parece notá-la. Seus únicos companheiros são seus livros e seus escritos. Apenas as palavras acompanham Alice, pelo menos até o dia em que ela percebe que um garoto da sua turma a está observando. Fechada a qualquer tipo de relacionamento, Alice tenta fugir do interesse de qualquer um, mas vê-se intrigada pela presença do "garoto ao lado".

Após a separação dos pais Alice decidiu sair de sua cidade para terminar o seu último ano do ensino médio em uma escola nova de uma cidade nova. Alice saiu de sua cidade e foi morar sozinha em Palmas (Junto dos tios)A personagem sofre uma pressão muito grande pela família para cursar Direito, mas ela sabe que nasceu para escrever.

Não sei se o notei primeiro, segundo ou vigésimo dia, mas sei que ele estava lá, sentado ao lado, com o casaco  que vestia mesmo em dias de extremo calor , o fone de ouvido - que o tirava da realidade  e sua estranheza. 

Em um dos seus primeiros dias de aula, ela percebe um garoto olhando para ela. Intrigada com o garoto apelidado por ela como "Antissocial" (Pois ela percebeu que ele não tinha amigos, e nem tentava enturmava), ela investiga um pouco sobre ele e descobre que seu nome é Nicholas. Alice pensa tanto em Nicholas que acaba fazendo um poema para ele. 

Não sei quando foi 
No olhar, no encara ou na oi 
Ele lançou seu feitiço 
E não sei o que fazer com isso[...] 
Não sei quando foi 
Que me tornei forte como um boi 
E ele, como um leão, 
Roubou meu coração

Depois de ouvir esse poema Nicholas vai tirar satisfação com ela, para saber se ela escreveu aquilo para ele. 

— Era para mim, não era?  — ele perguntou, ignorando qualquer tentativa minha de sarcasmo ou ironia. — Eu sei que era... — repetiu, aproximando-se de mim. [...] — Sei que era para mim, ou pelo menos sobre mim.  — ele manteve seus olhos fixos nos meus. — Não pense que eu desisti ainda. 
Depois de alguns dias a Professora da sua turma pede um trabalho que vale nota para três disciplinas, o assunto é "Conheça sua dupla", e Alice foi sorteada para fazer com Nicholas (Morram de inveja dela, só ela tem essa sorte de fazer o trabalho com o CRUSH).

Ele me segurou com todo o cuidado, como se nossas rachaduras pudessem se colidir e como se pudéssemos quebrar. Achei que não poderia aguentar mais ai ele me beijou, como se lesse minha mente.

Diversas vezes eu fiquei me perguntando qual será o segredo de Alice, que fez ela não querer se relacionar com ninguém. E Nicholas tem um segredo obscuro envolvendo a sua família, qual será?


 Temos também os personagens secundários na história. Como o Benhur, amigo de Alice e que ela pode contar pra todas as horas, como um confidente. Somos também apresentados a Dante amigo de infância do Nicholas, e que acabou de voltar de Londres.

Narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de Alice, O Garoto ao Lado apresenta uma narrativa simples e fluída, e me fez finalizar a leitura em apenas 48 horas. Laritza possui uma escrita envolvente que nos faz se identificar com a protagonista e vivenciar suas angústias e dúvidas. No final do livro temos uma surpresa, o epilogo é contado pelo Nicholas. A capa é linda e a diagramação é bem simples, deixa a leitura mais confortável. 


Em O Garoto ao Lado, há romance, há momentos tristes, há momentos de Bad boy (foi a parte do Nicholas ♥) há momentos de reflexão, e há “momentos bookholic da parte da Alice”…enfim!

No geral, não há muito o que falar do livro. Ele entrou na minha lista de favoritos; Eu já havia adorado a história na sinopse e sem dúvidas fiquei ainda mais apaixonada pelo nesse livro! ♥ Sabe aquele livro que você não consegue largar nenhum segundo e vai lendo até perder a hora, por estar louca para descobrir o final? Então, esse livro é um desses ♥ Eu simplesmente me apaixonei pelo jeito da Nicholas e do humor do amigo da Alice o Benhur (Que é amigo da autora, sim, ele existe).


Sobre a Autora
Laritza Oliveira, nasceu em Guaxapé, MG. Começou a ler aos seis anos e descobriu que queria ser escritora aos doze, quando escreveu seu primeiro livro, publicado dois anos mais tarde. Desde então, vem apurando a escrita e buscando novas inspirações. O Garoto ao Lado é sua quarta obra. Atualmente, reside em Palmas, To, e divide o tempo entre escola, a família, os livros e o blog e canal no Youtube "ALL".

Instagram: @Laribliveira      Canal ALL    ♥  Snapchat: laribliveira     Blog: ALL A Lari Leu    ♥  

Gente o livro não é caro, eu deixai o link de dois sites que você pode encontrar livro por um preço bom. 
 Onde comprar: Americanas        Submarino 


Entrevista com Laís Brancalhão + Parceria


O post de hoje é muito especial. Por que é a primeira entrevista do Blog, e estou muito feliz que a autora Laís aceitou responder as minhas perguntas. 

Bom, como de costume vou começar pelas perguntas "típicas" e depois pergunto coisas aleatórias. 

1 - O que te inspirou a escrever o seu primeiro livro? 
Sinceramente? Não faço ideia huaahuauahahua!  Na época não tinha internet, celular essas coisas... Então a gente precisava se virar com o que tinha pra poder se distrair. Eu escrevia. Fiz um conto que usei de trabalho pra escola, então, um amigo me sugeriu que ele daria um bom livro. O conto acabou virando o principal capítulo do "Obrigada pelo chocolate" anos depois. Tudo que tem lá é inspirado em algo ou alguém, mas uma inspiração pro livro em si, acho que não tem...

2 - E o que te fez seguir com a carreira de escritora?
Não consigo me lembrar de nenhum momento da minha vida em que a escrita não estivesse presente. Então, não posso dizer que escolhi ou segui algo, apenas aconteceu. A escrita é algo muito natural pra mim, seria mais fácil dizer que ela me persegue uhauhahahua.

3 - Qual foi o maior desafio que você encontrou na carreira de escritora, até o momento?
A falta de incentivo. Vivemos em um país com uma cultura muita rica e, ao mesmo tempo, extremamente desvalorizada. Autores nacionais - iniciantes, principalmente - são simplesmente ignorados pela grande maioria das editoras, que preferem autores internacionais. Mas não podemos culpá-los... É o que público consome... E é dai que precisa vir a mudança.

4 - Quais são os seus próximos projetos? 
Agora, trabalhar na divulgação dos livros. Me sugeriram um crossover entre os personagens das duas obras, mas não sei se um dia farei isso, quem sabe...

5 - Como você lida com os elogios/criticas dos leitores?
A grande maioria é positiva. Algumas pessoas as vezes me adicionam nas redes sociais pra falar sobre algo que escrevi. Acho engraçado e interessante ao mesmo tempo.

6 - O que você gosta de ler? Indicaria qual livro para seus leitores?
Eu leio de tudo, desde que tenha qualidade e coloque pra pensar. Uma indicação? "O lobo da estepe" de Hermann Hesse.

7 - Quando escreve, no que se inspira para compor os personagens?
Em tudo o que observo no dia a dia. Seja no meu dia a dia ou no de quem faz parte do meu circulo de pessoas.

8 - Quem você admira no mundo literário?
J.K Rowling, sem dúvidas! 

9 - Qual é a sua parte favorita no processo de escrita de um livro?
Conhecer os personagens. Tentar entender porque eles são quem e como são.

10- Muito obrigada pela entrevista, saiba que sou muito fã de seu trabalho e lhe desejo todo o sucesso do mundo para o seu próximo livro. Quer deixar um recado para quem ainda não conhece seu livro e para os leitores.
Pra quem não conheceu? Que leia, sinta e reflita sobre. A quem ja leu... Que indique minha obra por ai e espalhe o que aprendeu de bom.



Um sonho?
Viajar pelo mundo
Um livro?
O Lobo da estepe
Um filme?
Babel
Um seriado?
Game of Thrones
Um lugar?
Minha cama
Um autor?
Hermann Hesse
Um animal?
Coruja
Uma frase?
Keep, Calm and Carry on 

Sobre a Autora
Laís Brancalhão, escreveu os livros  "Obrigada pelo chocolate" e "As Ultimas Horas de Novembro".  A autora tem 27 anos, nascida no interior do Mato Grosso do sul, hoje vive no interior de São Paulo. É Publicitária, fotógrafa e escritora. Escreve desde os 14 anos.
Começou com pequenos contos e um deles acabou virando o livro, Obrigada Pelo Chocolate.

Sobre o Livro: Obrigada Pelo Chocolate 
 Uma amizade que ultrapassou o tempo, a distância e suas circunstâncias. Uma história que mostra que família vai muito além de pai, mãe e filhos. Sentimentos que surgem ao acaso e podem resistir às mudanças. Sensações que tentamos a todo custo esquecer, mas que parecem fazer parte da nossa história mesmo que contra nossa vontade. Uma história sobre o amor em todas as suas formas. Luíza e Daniel... Você vai sentir que eles fazem parte da sua vida, são pessoas que você poderia conhecer. Daqueles livros que quando você não o está lendo, você se lembra da história e não sabe se te contaram um caso real ou se é a história.


Sobre o Livro: As Ultimas Horas de Novembro
Liz levava uma vida pacata na pequena Bela Vista. Aos poucos retomava a rotina tranquila que lhe fora tirada por conta de um relacionamento mal sucedido. 
Antonio só queria devolver o que lhe fora dado ao fim de uma relação de anos.
Quando o caminho desses dois jovens se cruza, suas vidas tomam um rumo inesperado e completamente transformador.  Ele encontra em Liz a calmaria que sua vida conturbada nunca lhe permitiu ter e ela encontra em Antonio a inquietação que faz sua vida andar a passos largos rumo ao desconhecido.
As últimas horas de novembro é uma história de amor, mas, acima de tudo de descobertas e questionamentos; que nos faz refletir ate que ponto o que fazemos é por nós ou pelo outro.

Link de venda     Facebook       Instagram       Fanpage do Obrigado pelo Chocolate  
 Fanpage de As Ultimas Horas de Novembro

Espero que tenham gostado. E aguardem, porque em breve tem resenha por aqui!

Geek Girl: Fernanda Nia

Oi oi Bookholics e 
Essa é uma coluna para divulgar blogueiras e conteúdos do mundo literário. E para inaugurar a coluna eu escolhi a blogueira Fernanda Nia dona do Blog Como eu realmente..

Fernanda Nia é uma publicitária carioca aficionada desde cedo por livros e histórias em quadrinhos. Começou seu trabalho autoral em 2011, ao criar o site "Como eu realmente". Desde então, concilia sua carreira como freelancer nas áreas de Comunicação, Design e Ilustração com as aventuras de Niazinha e Srta. Garrinhas, que em 2014 começaram a ser publicadas em uma série de livros impressos pela Editora Nemo.

Outras redes sociais:
Facebook Instagram | Skoob | Deviantart

 
Curiosidade: o que me inspirou a fazer essa tirinha, nesse momento, foi na verdade o episódio final da segunda temporada de um seriado, Sherlock. O casaco é até parte do figurino dele.

Eu sei que é engraçado ler essas tirinhas e se identificar, mas uma parte é baseada na vida da Fernanda, e a outra metade são personagens fictícios criados por ela.

Aliás, acho que estou errada. Eles são baseados em pessoas reais sim – eu só não as conheço pessoalmente, mas sei que existem em algum lugar por aí!

Como ela teve essa ideia de criar tirinhas? Eu não acreditei quando ela disse, mas veio durante o banho dela. 


Recebo bastante essa pergunta e, por mais esquisito que seja, dou sempre a mesma resposta boba: surgiu no banho, aquele lugar mágico de onde vêm a maioria das nossas grandes ideias. Hahah, vou explicar melhor. Eu tinha tido uma ideia mais cedo de que criar um blog de tirinhas seria uma ótima forma de extravasar minha criatividade de piadinhas bobas e cotidianas, e foi tomando banho que bolei todo o conceito de sempre haver comparações entre situações de como deveriam ser/como realmente são e tal.

Se você quiser ler mais das tirinhas dela, eu vou deixar o link do Blog dela Como eu realmente. Eu não vou adiante com a coluna "Geek Girl", mas caso você leitor queira anunciar o seu Blog ou site, pode me mandar um email. 

Espero que tenham gostado do post, e caso tenham alguma dica de coluna literária me conta nos comentários 

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.

FADA SCRAP FESTA