Indicação: Por uma vida mais doce da Danielle Noce

De todos os livros que já vi, esse é o mais lindo, gostoso e fofo. Este não é um livro comum, que você ler e encontra historias, nesse livro você descobre a magia de cozinhar. 

As melhores receitas do I Could Kill For Dessert, o maior site de confeitaria do Brasil, agora em suas mãos!

Conheça toda a delicadeza de Danielle Noce em mais de 170 deliciosas receitas. Explicadas de maneira muito simples, elas são acompanhadas de belíssimas fotos que ajudarão você a montar perfeitamente cada prato. E não se preocupe se você não conseguir entender algum passo do modo de fazer: o livro traz vários links que você poderá acessar e ver a Dani preparando a receita com muita graça e doçura.




Comentários e Entrevistas

Autora Danielle Noce ama fazer doces desde criança. Acabou se esquecendo do quanto era boa nisso e entrou para o mundo da moda onde passou quatro anos vivendo à base de saladas e drinks até que preferiu ir pra confeitaria e trabalhar com pessoas com estômago cheio de comida e amor. Aperfeiçoou sua paixão de infância após cursar o Master Class da Lenôtre e hoje é editora chefe e redatora do site “I Could Kill For Dessert”, apresentadora do programa “A Doce Cozinha de Dani Noce” no canal Tastemade Brasil entre outras coisas. Ilustradora Beatriz Sanches fez diversas ilustrações para o programa “O Bigode na Cozinha” e produtos exclusivos do ICKFD. Trabalhou como diretora de arte em diversas agências de publicidade, mas se encantou mesmo com o design gráfico e a ilustração. Estudou e trabalhou em Barcelona e Londres e o interesse em técnicas analógicas de impressão, ilustração e lettering influenciam muito o estilo do seu trabalho. A Bia é apaixonada por contar histórias por isso, além deter criado o projeto gráfico e feito as ilustrações, também trouxe várias ideias e atividades D.I.Y (faça você mesmo) para ajudar a transformar o ICKFD neste livro.




Ficha técnica

Título - Por uma Vida Mais Doce
Autor - Danielle Noce
Ilustração - Beatriz Sanches
Assunto - Culinária            
Editora - Melhoramentos
Número de Páginas - 352
Data de Lançamento - 2014
Acabamento - Capa dura




Isso foi mais uma dica de livro do que uma resenha. Como eu adoro cozinhar então achei uma boa ideia fazer um post sobre um livro culinário.

Resenha: A Sereia da Kiera Cass

Oi pessoal, estão bem? Espero que sim. Essa semana eu terminei o livro A Sereia, e pensei que seria uma boa ideia fazer a resenha dele aqui. Espero que gostem, e desculpas por ser tão grande.

Pessoal aviso logo, que para quem está procurando esse livro por causa dá série feita pela Kiera Cass A Seleção, vai se decepcionar. Não consigo colocar em palavras, como foi que a Kiera conseguiu sair da realeza e ir para conto de fadas.


Editora: Seguinte
Autora: Kiera Cass
Paginas: 368
Ano: 2016

Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Kahlen estava em uma viagem de navio com a família. E durante a viagem ela sofre um acidente proporcionado por sereias, que queria matar todos do navio para alimentar a Água. Mas Kahlen estava desesperada para não morre, pois ela pensara que iria viver para ter uma família e conhecer um grande amor, ela acaba pedindo para viver e disse que faria de tudo para viver. Ela acaba ouvindo uma voz na sua mente, perguntando se ela faria de tudo mesmo para viver (E adivinha o que ela respondeu!!!??)

Bom acabou que ela foi poupada da morte, mas em troca ela vai servi a Água por cem anos, tendo que atrai pessoas e mais pessoas das embarcações com o seu canto. Mas essa troca, também teve seu lado bom, ela viveria uma vida perfeita por cem anos de juventude, beleza e saúde junto com suas irmãs.

Ela passa a maior parte do seu tempo sozinha (Mesmo com as suas irmãs). Ela acha difícil se aproximar das pessoas pois ela não pode conversar com ninguém, por causa da sua voz que é letal. Com vinte anos de servidão faltando, Kahlen está decidida a cumprir sua sentença até fim, até que ela conhece Akinli um garoto Lindo, carinhoso e gentil, ele é tudo com que Kahlen sempre sonhou, ele parece enxergar muito além de sua beleza de sereia, e ela sabe que o garoto mudará totalmente a sua vida. É contra as regras uma sereia se apaixonar por um humano, e caso a Água descubra, a sereia será obrigada a abandoná-lo para sempre. E se ela continua com o amor proibido será morta. 

Eu não devia estar perto daquele garoto. Tinha acabado de cometer um ato tão hediondo que, se pudesse usar minha voz, choraria por dias. Estava isolada das minhas irmãs, afastada da Água. E eu era tão, tão letal.

Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, Kahlen está determinada a seguir seu coração.

A água se comunica com as sereias meio que telepaticamente (Quando você está na chuva, quando pisa em uma possa d’água, em um nevoeiro). Ela tem uma relação diferente com cada uma das sereias, e Ela sente um amor tão grande por Kahlen que Ela mesma distingue como um amor de Mãe e filha. Pois kahlen mesmo matando as pessoas por oitenta anos, ela ainda volta pra Água para conversar quando se sente sozinha (Por isso o amor d'água com kahlen, pois mesmo matando para alimentar água. Ela ainda volta para conversar e falar como se sente). 

Tenho três irmãs: Miaka, Elizabeth e Padma. A Água é minha mãe, e briguei com ela. Isso é tudo o que lembro sobre mim. Sei que costumava haver mais, mas esqueci. No total, já vivi cem anos. Lembro de coisas estranhas, como as paredes do barco, e esqueço completamente de outras; nem sei se tive uma melhor amiga. Às vezes não sei mais pelo que vale a pena viver. Tento decorar as vidas que ajudei a tirar, mas não sei se isso me faz bem. E tento cuidar das minhas irmãs, mas acho que só isso não é o suficiente. Acho que ninguém seria capaz de existir por outra durante uma vida inteira. Mas talvez seja possível. Quando se encontra a pessoa certa. Neste momento, estou pensando em viver por você. Só que você nunca, jamais iria saber. (...)

Um AVISO para vocês que já leram essa resenha (Em outro blog), e podem não ter gostado do livro ou dá história. Por favor não comecem a leitura pensando que a leitura vai ser ruim, ou vai te decepcionar no final. Pois muita gente me disse que ele seria ruim, mas ele me surpreendeu. Esse livro foi feito para te emocionar...

Posso dizer uma coisa para quem ainda não leu, e pretende ler. Esse livro é muito bom, ele além de vir com marcador (Uma novidade para nós leitores), ele é te surpreende com ele te prende, do início ao fim. A autora escreveu com muito amor, pois em cada capitulo você sente um pouco o que a personagem passa. 

Venha, lance o coração ao mar.Sua alma se perde para outras salvar.Beba-me até a exaustão.Troque uma vida por um milhão.Venha logo, beba sim.Beba e afunde até o fim. Beba e afunde até o fim.     Você deixa de ser, para ser mais ;Todos precisam descansar em paz.Entregue-se à Água com bravura,Deixe o mar ser sua sepultura.Venha logo, beba sim.Beba e afunde até o fim.Beba e afunde até o fim.

Sou Alice Mendes, tenho 21 primaveras e sou Pernambucana. Aqui você encontra um pouco de tudo que eu mais amo no mundo: livros, seriados, filmes, fotografia e muito mais ;)

Sorteio

Busca

Facebook

Seguidores

Arquivos

Populares

Editoras Parceiras 2019

Tecnologia do Blogger.

FADA SCRAP FESTA